Redução de custos em TI: como torná-lo no setor mais dinâmico nas empresas?

Redução de custos em TI: 7 dicas que toda empresa precisa saber!

Empresas trabalham o tempo todo para cortar gastos em todos os seus setores, como vendas e administrativo. E qualquer outro de corte em gastos desnecessários que possa ser feita, deve ser feita! Porém, quando falamos de redução de custos em TI, é importante tomar cuidado! A área é responsável por questões bem delicadas para o negócio e, se os cortes forem bem executados, além da economia gerada, ainda podem trazer benefícios que ultrapassam os gastos menores.

Isso ocorre pois a tecnologia tem um papel estratégico para o negócio. O setor de TI é responsável por gerir soluções que influenciam no trabalho de todos os profissionais, diariamente.

Diante disso, executar uma boa estratégia de corte de gastos pode ser o ponto chave para garantir que a TI se mantenha como um ativo estratégico para a empresa, sem apenas ser o setor que executa atividades. 

Mas, já que é necessário tomar todo esse cuidado com o setor de Tecnologia da Informação, como fazer esses cortes?

Veja no nosso post abaixo os 7 melhores passos para promover a redução de custos em TI que o todo negócio precisa!

1. Investir na nuvem

A computação em nuvem traz uma série de benefícios para a empresa, sendo a possibilidade de reduzir custos em TI um dos principais. Com o cloud computing, o negócio corta gastos ao pagar apenas pelos recursos que são utilizados. Dessa forma, o desperdício cai drasticamente.

Mas, a nuvem também traz outros benefícios. 

A empresa terá maior mobilidade (o que reduz gastos com transporte) e escalabilidade. Assim, a sua competitividade é ampliada ao mesmo tempo em que os profissionais podem atuar em mais locais.

Nós sabemos que para algumas empresas, investir em nuvem pode parecer arriscado. Mas, é necessário entender que hoje em dia, muitas vezes os dados estão mais seguros com o cloud computing do que com a própria empresa!

2. Automação de processos: a solução chave para seu negócio!

A automação também pode ser utilizada para reduzir custos em TI, além de trazer diversos outros benefícios para as empresas. 

Automatizar rotinas permite que o negócio tenha mais produtividade, elimine desperdícios e erros e, claro: reduza gastos. Assim, a empresa pode eliminar a sua taxa de retrabalho e garantir que todos atuem continuamente na entrega de resultados.

Nesse sentido, a automatização do setor de TI pode ser feita em várias rotinas. As de backup, por exemplo, teriam as cópias agendadas para ocorrer em intervalos próprios, facilitando o direcionamento de recursos para outros processos. Assim, a empresa pode focar apenas no que for importante, aproveitando melhor a sua força de trabalho e pensando de forma mais estratégica.

3. Implementar ferramentas para a gestão de rotinas

A produtividade é um ponto chave para o sucesso de qualquer estratégia operacional. E quando os profissionais não conseguem atuar com o máximo de performance, os recursos disponíveis são pior aproveitados e, consequentemente, os gastos sobem.

Portanto, a empresa precisa estar atenta a esse fator, implementando soluções para garantir que todos tenham um bom nível de produtividade continuamente. Isso se faz com a gestão de rotinas, que pode contar com soluções de distribuição de tarefas. Assim, o gestor poderá acompanhar o fluxo operacional de toda a equipe e garantir que atrasos sejam pouco frequentes.

É uma forma de manter o controle do trabalho, organizando o fluxo das atividades e trazendo mais eficácia operacional para a empresa.

4. Implementar indicadores de performance

Quem trabalha com gestão sabe da importância de métricas. Elas permitem uma visão abrangente sobre todos os aspectos de uma rotina, como a aderência de profissionais externos ao SLA e a qualidade dos serviços executados. Ao mesmo tempo, eles também podem ser um importante aliado no corte de gastos em TI.

Com métricas de qualidade, erros e performance, o gestor pode avaliar se existem gargalos e falhas na rotina operacional do setor. Dessa forma, é possível cortar custos de modo estratégico e implementar rotinas que garantam que os processos aproveitem ao máximo os recursos disponíveis.

5. Analisar como os serviços são utilizados

Uma das formas de cortar custos com tecnologia é avaliar os serviços contratados. Na telefonia, por exemplo, a empresa pode realizar uma análise completa dos gastos nessa área, identificando os planos contratados, o seu alinhamento com as necessidades do negócio e os serviços que podem ser cortados.

Há ainda a possibilidade de implementar a terceirização na gestão de contas. Dessa forma, a empresa terá um time especializado em diminuir gastos e otimizar o modo como a telefonia é gerenciada pelo negócio.

Outros custos com serviços, como consultorias e empresas de suporte terceirizado, também pode ser reavaliados. Dessa forma, a empresa fará uma readequação dos seus contratos para a sua realidade e planos futuros, diminuindo o valor gasto na área.

6. Terceirizar a equipe

Se a sua empresa ainda não investiu no outsourcing, talvez essa seja a hora certa. O processo de terceirizar atividades do time de TI cria um ambiente de maior qualidade, elimina gastos e garante mais qualidade para os usuários.

O suporte, por exemplo, pode ser direcionado a um time externo. Ele fará uma análise da infraestrutura e dos serviços de TI e, assim, desenvolverá um plano de ação.

Esse planejamento permitirá que os recursos sejam melhor distribuídos e todos os profissionais possam atuar ativamente no apoio dos usuários. Como o pagamento é feito sob demanda, os custos caem e a companhia pode direcionar melhor os seus futuros investimentos.

7. Alinhar expectativas

Em sua busca por reduzir custos em TI, o alinhamento de expectativas é o nosso último passo. Isso é fundamental para a empresa melhorar o seu planejamento, otimizar investimentos e garantir que o time de TI possa atuar de um modo mais inteligente.

Portanto, crie um canal de comunicação com outras áreas. Trabalhe lado a lado com os usuários para identificar as suas demandas.

Assim, será mais fácil conhecer o que os usuários precisam no seu dia a dia. 

Dessa forma, o planejamento de TI poderá aproveitar melhor os recursos disponíveis, evitando os riscos e prejuízos que envolvem um investimento de baixa qualidade. Além disso, o direcionamento de recursos será mais eficaz, garantindo que o time de TI jamais trabalhe executando atividades que não sejam necessárias. Ou seja: economizando tempo novamente!

Corte gastos e aproveite oportunidades!

Percebeu que para reduzir alguns custos com TI, pode ser que você precise, inicialmente, investir em novas soluções? Isso é essencial para que você possa aproveitar oportunidades e não apenas reduzir equipe, material, tecnologia e por aí vai.

E toda empresa moderna utiliza a tecnologia no seu dia a dia. As ferramentas de TI podem ser utilizadas para aumentar produtividade, eliminar gargalos e criar um ambiente operacional mais inteligente e integrado.

Porém, em um cenário de crise, saber como promover a redução de custos em TI pode ser o ponto chave para o negócio evitar problemas de performance e garantir que a tecnologia se mantenha integrada ao dia a dia de todos. Assim, o negócio pode evitar problemas graves de qualidade sem comprometer o seu orçamento.

Por isso, preste bem atenção nesse conteúdo! Anote as 7 dicas que passamos para entender o que pode ser aplicado nas empresas e como… E se você gostou deste texto, compartilhe em suas redes sociais, espalhe esse conhecimento e comente aqui, se tiver alguma dúvida!

Powered by Rock Convert
Siga e compartilhe:

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
error

Gostou deste texto? Compartilhe com seus amigos :)

LinkedIn
Share
Instagram